Antes de mais nada, um iniciante em treinamento físico deve ter sempre em mente que, como quase tudo na vida, iniciar sempre é a etapa mais difícil, entretanto, uma vez superada a etapa inicial, as coisas ficam mais fáceis e agradáveis.

Com isto, elaborei estas 10 dicas simples para facilitar este processo inicial. Assim, ao seguir estes passos, o atleta iniciante poderá ter certeza de que está no caminho certo.

1. Defina seus objetivos

Para iniciar um bom programa de treinamento, é importante estabelecer metas específicas, realistas e desafiantes. Contudo, um iniciante pode não saber o que é realista para si. Então é sempre interessante se consultar com um profissional da área.

Exemplos:

Não só tenha suas metas escritas no papel, como também os deixe visíveis, preferencialmente em um lugar que você vê várias vezes ao dia.

Eventualmente chegará o dia em que você não terá vontade de treinar ou seguir a dieta. É aí que você precisa rever seus objetivos para se lembrar para onde quer ir.

2. Paciência e disciplina

Inegavelmente, todos temos um pouco de impaciência, principalmente se tratando de nossa aparência ou desempenho. Mas Roma não foi construída em um dia. O mesmo acontece com o nosso corpo. Os resultados não vão chegar com uma semana de treinamento. Ademais, até mesmo um corpo obeso foi construído durante anos de maus hábitos, não queira reverter em 1 mês aquilo que você construiu durante anos.

Portanto, exercite sua paciência e permita ao seu corpo tempo suficiente para mudar. A consistência é um dos ingredientes mais importantes para o sucesso. Siga o seu plano rigorosamente. A princípio, ainda não existe método mágico ou atalhos.

3. Sono e regeneração

Este é um aspecto importantíssimo, e, por incrível que pareça, o mais negligenciado pelos iniciantes em treinamento físico. É durante o sono que as adaptações ocorrem em seu corpo, principalmente o sono profundo.

Não só o sono, mas também é muito importante que você dê tempo suficiente de descanso ao seu corpo. Nesse sentido, procure permitir cerca de 48 horas de descanso à musculatura treinada. Então procure intercalar grupos musculares para melhores resultados.

4. Alimentação

Juntamente com o treino e o sono, a alimentação é o terceiro pilar da saúde. Com estes três pilares bem cuidados, o sucesso é garantido.

Pense em sua dieta a longo prazo, não mude de um dia para outro, e nem tente começar de forma muito restritiva. Dietas muito radicais trazem resultados imediatos, mas são insustentáveis.

5. Hidratação

Independente da atividade física, beber bastante água é importantíssimo tanto para nossa saúde quanto bem-estar. Posto que cerca de 80% de nosso corpo é feito de água, e ela é necessária em quase todos os nossos processos fisiológicos.

Contudo, quando o assunto é atividade física, nossa necessidade de água aumenta consideravelmente, pois perdemos muito liquido através da transpiração. Procure tomar um copo de água a cada hora, mas quando estiver realizando atividade física, procure se hidratar pelo menos a cada 20 minutos.

6. Não se superestime!

Principalmente para iniciantes em atividade física, é importante aprender o movimento do exercício adequadamente. Por isso, foque sua atenção na forma como você executa os exercícios, procurando sempre realiza-los da forma mais controlada possível. Assim, preocupe mais com a forma dos exercícios do que com o peso que você carrega.

7. Treine sua flexibilidade

Ter uma boa flexibilidade não irá te ajudar apenas nos treinos, mas também te proporcionará uma melhor qualidade de vida, e os benefícios são ainda melhores considerando o longo prazo. Além disso, à medida que a idade chega, você vai se agradecer por ter dado atenção à sua flexibilidade.

Do mesmo modo, para o treinamento, uma boa flexibilidade irá te ajudar a executar os exercícios de forma correta, ter uma boa postura e até mesmo se recuperar melhor.

8. Aperfeiçoe o básico

Não queira pular etapas, sobretudo o início. Gaste seu tempo treinando primordialmente o básico. De fato, isto vale para todas as atividades e modalidades. Não queira construir uma casa começando pelo telhado. Antes de tudo construa uma boa fundação sobre a qual poderá construir uma moradia mais sólida e segura.

9. Diversão e motivação

Encontre uma atividade com a qual você se apaixone, desta forma, ir treinar nunca será um sacrifício. Atividades em grupo e esportes coletivos tendem a ser mais motivantes, entretanto algumas pessoas podem preferir esportes individuais ou treinos mais solitários. Conheça a ti mesmo.

Por fim, esafie-se e se recompense por suas conquistas. Um bom treino bem como uma dieta adequada devem te fazer sentir bem.

10. Tenha orientação profissional

Para finalizar, procure sempre orientação profissional. Entretanto, se você ainda não pode pagar pelos serviços de um bom profissional, existem diversos profissionais na internet que publicam conteúdo de qualidade.

Evite julgar o profissional pela sua aparência, o que vai trazer resultados é o conhecimento que ele tem, e não o tanquinho que ele ostenta. Além do mais, você ficaria surpreso com a quantidade de pessoas da área que utilizam substâncias ilícitas, que surpreendentemente são profissionais da saúde.

Fuja dos profissionais sensacionalistas sobretudo os que garantem resultados irreais. Lembre-se, o profissional é um guia que te mostra o caminho, mas quem deve trilha-lo é você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *